: Mais Magazine:: Comentários: 0

Fundada em 1997, a Stockfer dedica-se ao desenvolvimento e comercialização de ferramentas e acessórios para a indústria metalomecânica e para a indústria em geral. Representante em Portugal de diversas marcas de referência a nível mundial na área da maquinação, a empresa gerida por Joaquim e Nuno Teixeira, sócios-gerentes, pretende ser uma referência incontornável a nível ibérico, no setor de ferramentas e soluções de engenharia.

A história da Stockfer funde-se com a do Grupo ALSIL. Composto pelas empresas ALSIL, HS Tools, Triaxis e Stockfer, todas elas complementares entre si e dedicadas ao setor da metalurgia e metalomecânica. O grupo de origem familiar, com tradição no mercado português, encontra nos cerca de 100 colaboradores a sua maior força, na meritória missão de fornecer em tempo útil produtos e soluções de engenharia de reconhecida qualidade e fiabilidade, a um preço competitivo, a todos os seus clientes.

Soluções e serviços de qualidade
Tendo por objetivo abranger as diversas áreas do processo de fabrico, atualmente a Stockfer está dividida em quatro áreas distintas: ferramentas e óleos de corte, sistemas de fixação de peças, metrologia e sistemas de medição e, por fim, automação e robótica. Ser uma empresa reconhecida pela elevada qualidade das soluções que apresenta e pelos produtos que comercializa é um dos compromissos assumidos pela Stockfer. Para isso, a empresa aposta em marcas de referência mundial que garantem a excelência do trabalho desenvolvido, bem como numa equipa de profissionais experientes e altamente qualificados. “A Stockfer diferencia-se pelas soluções que oferece aos seus clientes e pelo aumento de produtividade que essas mesmas soluções proporcionam. Na realidade, quando queremos atingir níveis de desempenho elevados, temos de trabalhar com os melhores parceiros”, assume Nuno Teixeira. A isso, soma-se ainda a constante aposta nas mais recentes inovações, que permitem à empresa dar a eficaz resposta às necessidades dos clientes e, simultaneamente, às exigências do mercado. “A maior parte das vezes a qualidade de um produto/serviço traduz-se na satisfação das necessidades dos clientes e na superação das suas expetativas. Neste sentido, a Stockfer foi percursora, quiçá a nível mundial, de uma estratégia que visa a plena satisfação dos seus clientes através da integração de sistemas, abrangendo todo o processo produtivo e garantindo o resultado final. Somos a única empresa que o consegue fazer, de A a Z, com recursos próprios (dentro do grupo ALSIL)”, assume Nuno Teixeira.

Inovação é palavra de ordem
Falar de inovação é falar da EMAF – Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria. Este ano o evento regressa à Exponor e com ele muitas novidades. Algumas das mais recentes inovações da Indústria 4.0 podem ser conhecidas de perto no stand da Stockfer, que promete surpreender clientes e parceiros. “A principal novidade é o surgimento da área de automação e robótica, com o fornecimento de diversas soluções e a distribuição de marcas como a Universal Robots, a OnRobot, a SMC ou a Robotize. Para além desta área de negócio, no que diz respeito às ferramentas de corte, é também importante destacar o acordo estabelecido com a Kennametal, uma das empresas líderes a nível mundial neste setor. Por fim, na área da metrologia, destacamos a entrada no mercado dos dispositivos de controlo dedicados que têm sido alvo de inúmeros elogios por parte de todos – clientes e parceiros”, admite Nuno Teixeira.

E para quem acha que as novidades param por aqui, desengane-se. Para o futuro a Stockfer tem ainda alguns objetivos e projetos em cima da mesa. “As palavras de ordem para o futuro próximo são crescimento e consolidação. Crescimento em Portugal e em novos mercados, o que inclui obviamente a internacionalização, e consolidação do modelo implementado, procurando ainda assim, melhorar continuamente os processos da empresa. Pretendemos continuar a crescer acima dos dois dígitos e atingir um volume de exportações superior a 30 por cento em três anos”, finaliza.

Leave a Comment