: Mais Magazine:: Comentários: 0

Criada em 2004, a PREDIMED é a maior marca portuguesa de mediação imobiliária. Com uma rede de agências e consultores espalhada por todo o país, continente e ilhas, a marca, criada por Miguel Ribeiro, vem sendo guiada por valores como a honestidade, profissionalismo e dedicação. Nesta edição da Mais Magazine damos-lhe a conhecer, pela voz e testemunho do seu fundador, a génese, o percurso e o futuro da marca portuguesa que conta já com mais de 1.000 consultores e 100 pontos de venda em todo o território nacional.

Foi pelas mãos de Miguel Ribeiro que nasceu, em 2004, a marca registada de mediação imobiliária PREDIMED. O projeto que começou por um acaso é hoje um distinto exemplo de sucesso a nível nacional. Guiada por valores como a honestidade, profissionalismo e dedicação, a PREDIMED reforça, a cada dia, a sua posição de destaque no mercado imobiliário português. “Na verdade, a minha vinda para a mediação imobiliária foi acidental”, começa por nos contar Miguel Ribeiro, acerca do início da sua ligação ao mercado imobiliário. Na altura, a estagiar em advocacia, na Ferreira Pinto & Associados, o nosso entrevistado recebeu um convite inusitado, que viria a mudar os próximos 17 anos da sua vida. “O meu pai apresentou-me um consultor imobiliário de uma pequena imobiliária tradicional dos arredores de Lisboa. Essa pessoa tinha o sonho de ter a sua própria imobiliária, mas não tinha nem os meios nem a capacidade de o fazer individualmente e por isso convidou-me para sócio”, relembra sobre a génese do negócio. “A PREDIMED nasceu como uma imobiliária tradicional de âmbito local. No entanto, graças à qualidade do trabalho desenvolvido, foi crescendo e, em 2010 transformou-se numa rede de agências”. Hoje, 17 anos depois, a PREDIMED conta já com mais de 1.000 consultores e 100 pontos de venda, em todo o país.

Uma rede de consultores

Com consultores e agências espalhadas por todo o país, continente e ilhas, a PREDIMED é a maior marca portuguesa de mediação imobiliária e conta já com uma rede de profissionais experientes, que elevam e dignificam a marca a nível nacional. Mais recentemente, a empresa deu os primeiros passos rumo à internacionalização da marca, através da PREDIMED Brasil e da PREDIMED Espanha.

Mas afinal o que está por detrás do sucesso alcançado pela empresa? A resposta é simples: “Acredito que o que nos diferencia das outras redes é que assumimos o conceito de rede de consultores e não de agências”. Prosseguindo a visão de que o negócio é feito pelos consultores imobiliários, a PREDIMED viabiliza aos seus associados um modelo de negócio sustentável, equilibrado e altamente rentável, assente no princípio de ‘máxima comissão para o consultor’. O consultor é o centro do negócio imobiliário e devem ser deles os maiores proveitos pela realização de negócios. À marca compete fornecer-lhe as ferramentas e promover a marca como fator de credibilidade no mercado”, esclarece.

Os melhores consultores ao seu serviço

Um dos principais desígnios da PREDIMED é a seleção dos melhores consultores imobiliários. Assim, a marca aposta em profissionais multifacetados, experientes e dedicados que asseguram um bom serviço ao cliente e a contínua credibilização do setor da mediação imobiliária. “Nós entendemos que a credibilização do negócio é fundamental, para a PREDIMED e para os outros players do mercado, por duas grandes razões: pelos clientes e pelos consultores. Uma atividade credibilizada gera mais negócio e atrai mais e melhores profissionais”, garante. Com vista a atingir este compromisso, a PREDIMED vem promovendo, ao longo dos anos, ações de formação e apoiando formadores na publicação de livros e manuais de mediação. “Temos procurado dar o nosso contributo junto das associações do setor. Para além disso, fazendo o nosso trabalho de forma transparente e honesta contribuímos, diariamente, para a credibilização do setor no mercado nacional”, enfatiza.

Para além das múltiplas ações desenvolvidas, a aposta contínua na formação dos seus consultores afigura-se também um importante aliado para a marca portuguesa de mediação imobiliária. “Quando vim para a mediação imobiliária, em 2004, vim da faculdade, do meio jurídico, e o choque que tive, nesse aspeto, não poderia ser maior”. A falta de apoio e formação especializados foi um choque para o nosso entrevistado que, desde início, procurou reverter essa tendência de mercado. “Recordo-me de que na altura, as formações eram dadas por ‘pseudo diretores’ comercias e donos de agência, que pouco ou nada tinham a ensinar. Felizmente, hoje, muita coisa mudou nesse aspeto. O mercado evoluiu imenso, já temos formação com muita qualidade, formadores reconhecidos e até autores publicados. Como não poderia deixar de ser, a PREDIMED tem acompanhado todas estas evoluções, pois só assim conseguiremos prestar aos nossos clientes o serviço de qualidade a que já os habituamos”, reconhece.

Um novo paradigma no mercado imobiliário

Os anos de 2020 e 2021 trouxeram consigo desafios até então desconhecidos. A pandemia obrigou à mudança na forma de trabalhar dos mediadores e agentes imobiliários. Grande parte das empresas deste setor encontraram na tecnologia e na digitalização o grande trunfo para ultrapassar as dificuldades impostas pelo confinamento obrigatório. Hoje, a digitalização do mercado imobiliário é um caminho sem volta. A utilização dos recursos digitais trouxe ganhos para todas as pontas do setor, como reconhece Miguel Ribeiro. “Com a pandemia e, consequente, confinamento, acentuou-se a utilização de mais tecnologia no nosso trabalho. Se há 17 anos, imperiosamente, o cliente vinha à loja saber o que tínhamos, e fazer in loco a prospeção de imóveis, hoje fá-lo em casa através dos portais, sites e apps”. Apesar desta mudança de hábitos, Miguel Ribeiro garante que a essência da marca se mantém a mesma. “Apesar de todas estas mudanças o fator humano no negócio de mediação permanece inalterado e é por isso que a mediação imobiliária cresceu durante a pandemia. A nossa essência continua a ser a mesma: servir pessoas. Isso nunca vai mudar”, esclarece.

O mesmo isolamento social que fez com que o setor precisasse de se digitalizar, acentuou também o desejo por residências de tipologias e características diferentes. A pandemia trouxe mudanças na forma de viver, mas também na forma de trabalhar. Confinadas em casa, as famílias procuraram habitações maiores, com mais espaço e também mais longe dos centros urbanos, ao mesmo tempo que se adaptaram para criar o melhor escritório possível. “As mudanças são irrefutáveis. A procura por moradias, imóveis com jardins, logradouros e terraços aumentou. Mas não só. Durante a pandemia, as pessoas repensaram muitos aspetos das suas vidas e a habitação foi uma delas. A localização foi um dos fatores que mais sofreu alterações. Com a possibilidade do teletrabalho, muitas pessoas alargaram o âmbito geográfico da sua procura. Se antes a procura estava, sobretudo, confinada aos grandes centros urbanos e arredores, hoje regista-se, cada vez mais, a preferência por habitações mais distantes, ou até mesmo em zonas rurais”, afirma Miguel Ribeiro.

“Continuaremos a praticar o que defendemos desde sempre”

Profissionalismo, rigor, empenho e dedicação ao cliente são alguns dos valores que têm guiado a PREDIMED ao longo dos últimos 17 anos e que continuarão a fazer parte do ADN desta marca portuguesa.

Em retrospetiva, Miguel Ribeiro não podia estar mais satisfeito com o percurso que foi traçando no mercado da mediação imobiliária. “Cheguei por ‘acidente’ a esta área com 24 anos de idade e pouca experiência de vida. Apesar disso, a mediação deu-me tudo isso. Posso afirmar, com toda a certeza, que tem sido uma aventura fantástica, com altos e baixos, com vitórias e derrotas, mas com muita vontade e garra de fazer algo diferente e impactante no setor”, assume.

O futuro é uma folha em branco, onde Miguel Ribeiro espera continuar a escrever uma história de sucesso. “Continuaremos a praticar o que defendemos desde sempre. Honestidade, profissionalismo e rigor continuarão a ser valores basilares da nossa atuação no mercado”. Para além disso, a marca pretende continuar a reforçar a importância do consultor imobiliário, como parte fundamental e central do negócio da mediação. “Iremos continuar a praticar aquilo em que acreditamos. O consultor imobiliário é o centro do negócio da mediação. É ele que faz prospeção na rua, é ele que apanha chuva e frio, quer enquanto espera por um cliente, quer enquanto procura um imóvel para angariar. É ele que estabelece com os clientes, proprietários ou compradores, uma relação pessoal indissociável da génese do nosso negócio. É ele que investe o seu tempo e meios na tarefa de servir o cliente. É ele que tem de ser reconhecido e pago por isso. É nisso que acreditamos e se há uns anos erámos vistos como ‘doidos’ e revolucionários, hoje a evolução do negócio tem demostrado que estávamos certos”, finaliza.  

Leave a Comment